terça-feira, janeiro 11

Recapitulando

Enquanto o blog se encontrava em recesso, eis o que aconteceu de mais relevante na WPS:
O Chicago Red Stars não conseguiu encontrar novos investidores que assegurassem a participação do time nesta temporada e decidiu suspender as operações (atuar no dispendioso Toyota Park certamente não ajudou a amenizar o prejuízo). Entretanto, os proprietários do Red Stars ainda acenam com a possibilidade do time retornar à atividade em 2012 (sei, e eu acredito no Coelhinho da Páscoa). Com apenas seis participantes e times desfalcados de suas principais jogadoras devido à preparação para a Copa do Mundo, a temporada 2011 da WPS promete ser melancólica (e sob risco de ser a última).
Em termos de movimentação de jogadoras, as principais transferências foram as seguintes:
Atlanta Beat: Carli Lloyd (meia), Cat Whitehill (zagueira), Keeley Dowling (lateral), India Trotter (meia/atacante).
Boston Breakers: Rachel Buehler (zagueira), Kelley O'Hara (atacante), Nikki Washington (atacante).
Philadelphia Independence: Natasha Kai (atacante), Megan Rapinoe (meia), Kia McNeill (zagueira), Leigh Ann Robinson (lateral).
Sky Blue: Anita Asante (zagueira), Eniola Aluko (atacante), Therese Sjögran (meia), Tobin Heath (meia), Casey Nogueira (atacante), Carrie Dew (zagueira/volante), Carolyn Blank (volante), Angie Kerr (meia), Kristi Eveland (zagueira).
Western New York Flash: Caroline Seger (meia), Ali Riley (lateral), Kandace Wilson (lateral), Whitney Engen (zagueira), Candace Chapman (zagueira), Becky Edwards (volante), Yael Averbuch (volante), Brittany Bock (zagueira/atacante), McCall Zerboni (meia).
O time anteriormente conhecido como Washington Freedom e que agora atende pelo bizarro nome de magicTalk SC (que é como se chama um produto comercializado pela empresa de seu novo proprietário), ainda não anunciou nenhuma contratação oficialmente. Vai ver que é com ele que o Santos fará a célebre parceria para montar um time na WPS. De qualquer forma, fica a pergunta: se era para mudar o nome e a sede da equipe (metade dos jogos deverá acontecer na Flórida), não era mais fácil comprar uma franquia e começar do zero?
Kristine Lilly, do Boston Breakers e da seleção americana, decidiu finalmente encerrar a carreira aos 39 anos. Pia Sundhage deve estar desesperada, agora vai ter que renovar a seleção americana na marra. Só falta a Heather Mitts seguir o mesmo caminho e obrigá-la a sair do comodismo e convocar uma lateral que preste.
O draft universitário acontecerá nesta sexta às 16h e terá transmissão online. Alguém duvida que a atacante Alex Morgan (a preferida dos chilenos) será a primeira escolhida pelo WNY Flash?

21 comentários:

Daniel disse...

Ao que tudo Indica Marta irá para o Malmö.

http://www.wsoccernews.com/fullStory.php?action=viewStory&id=1613

JMiron disse...

... e deve ser assim Daniel... A Morgan é a melhor jogadora americana que eu vi surgir desde os tempos de Foudy/Hamm/Fawcett/Chastain/Lilly.

Sò espero que ela não seja uma decepção.

A WPS não dura mais 3 anos... vai ter o mesmo destino da WUSA...
pra seleção americana seria até bom se isto acontecesse, já que dai o time voltaria a jogar junto 1 zilhão de jogos por ano e o entrosamento seria máximo, mas para o mundo como um todo vai ser uma pena.

A Mitts nao é nenhuma craque, mas também não tem quem por no lugar dela... pra mim a Dalmy seria um boa opção, mas ela é muito irregular.

SNFF disse...

Conhece já o site dedicado às nossas selecções nacionais de futebol feminino em http://seleccoesnacionaisfutfem.com

Dá a tua opinião!

Futebol Feminino em Desenvolvimento!

Camila disse...

A Marta estará em algum time, sem dúvida. E as outras brasileiras? Será que continuam nos times como a Fabiana e a Rosana? E a Cristiane e a Formiga? Pra onde irão?

Daniel disse...

Rosana não deverá jogar nessa temporada. Ela tem propostas da europa.

Marcelo T. disse...

Em duas temporadas na WPS, a Marian Dalmy marcou um gol e deu seis assistências, nenhuma outra lateral tem números iguais. Se ela é muito irregular, podemos dizer que a Mitts prima pela regularidade, afinal não joga nada há dois anos. Dalmy e Kandace Wilson seriam opções muito mais interessantes, mas nunca receberam uma chance.

Do jeito que os times estão apertando o cinto, acho que serão bem cuidadosos na hora de contratar estrangeiras (que custam mais caro). A Formiga fez uma ótima temporada no Red Stars, então não devem faltar times interessados. É possível que a Fabiana renove com o Breakers. Rosana e Cristiane, acho difícil.

JMiron disse...

Acontece que em todas as oportunidades que a Dalmy teve ao ser convocada (e não foram poucas) sua participação na seleção americana foi medíocre. A Pia vai convocá-la pra jogar na seleção, não no Red Star.

Marcelo T. disse...

É, tomara que a Pia pense assim e continue a insistir com Mitts e Carli Lloyd no time. Aliás, ela deveria também retornar com a Cat Whitehill no lugar da Amy LePeilbet (que só voltou a ser convocada por conta do que jogou na WPS).

Daniel disse...

Noruega 4x0 na Holanda pelo torneio de LaManga.
Canadá tambem vai jogar um torneio com China, suécia e EUA sub-23 na china. E nós é manda na Marta que ela resolve.

Marcelo T. disse...

Nem dá para reclamar da ausência do Brasil nesses torneios. A seleção só teria condições de participar se os torneios internacionais em São Paulo não tivessem sido realizados. Do contrário, as jogadoras não teriam férias nunca. Resta ver se amistosos de bom nível serão programados antes da Copa.

Aliás, esse torneios provaram que o Kleiton Lima precisa deixar o comodismo de lado e procurar opções melhores para o ataque com urgência. O destino nos livrou da Grazielle, mas essa Daniele também não joga nada. Se for depender dela sair do banco para mudar o andamento de um jogo, a seleção está perdida.

Izabel disse...

Sweden 2-1 USA
USA – Carli Lloyd (Lauren Cheney) 11th minute
SWE -- Stina Segerström (Therese Sjögran) 16
SWE – Kosovare Asllani (Lina Nilsson) 61

Canada 3-2 China

Izabel disse...

http://pt.fifa.com/womensworldcup/news/newsid=1347968/index.html

Izabel disse...

Canada- 3-2 China

http://www.womenssoccerunited.com/video/canada-3-2-china-four-nations

Mary disse...

Concordo plenamente com vc Marcelo. Esssa Daniele não joga nadaaaa !!!
Gostei muito mais da Dai Moretti, que pelo menos tem um ótimo chute de longa distância, o que é quase fatal no futebol feminino, e quase não vejo as jogadoras da seleção chutarem de longe desde a Daniela Alves.
Outra que gostei é a Bárbara do Palmeiras, jogou muito bem contra o Umea. Se a Daniele tem vaga na seleção, a Bárbara também tem.
Não gostei na Marina jogando pela seleção, acho que a Angélica, do Santos FC, tem mais qualidade.
Maurine voltou com tudo, e a Gabi jogou muito (principalmente a final).
Ah ! A Beatriz foi bem melhor que na Libertadores (acho que os ares de casa fizeram bem a ela), mostrou uma evolução, mas não pra uma seleção principal.
Só precisa ele usar um pouco o cérebro, que monta um time de alta qualidade.

Izabel disse...

http://www.womensprosoccer.com/Home/news/general/110125-wny-marta.aspx

Izabel disse...

http://domingaodofaustao.globo.com/platb/participe/2011/02/03/pergunte-para-a-melhor-do-mundo-marta/


A Marta vai estar naquele programa "excelente" que passa domingo num canal qualquer... poderiamos mandar perguntas! Alguma sugestão?

Marcelo T. disse...

A Marta teria uma boa chance de alfinetar a CBF se perguntassem o que ela acha da seleção só jogar competições oficiais e raramente disputar amistosos ou torneios internacionais. Entretanto, duvido que a produção escolha uma pergunta desse tipo.

Pra quem ainda não sabe, o manager do Boston Breakers informou que a Fabiana recusou a proposta feita pelo time e, portanto, não retornará para a próxima temporada.

Izabel disse...

mandei sua pergunta Marcelo, mas aposto que nunca vão escolhe-la... o que achou do jogo contra a coreia ontem?

Marcelo T. disse...

Achei o jogo mais ou menos. Dou um desconto pelo fato da partida ocorrer debaixo de um calor senegalesco, mas o time do Santos pareceu tão confuso quanto no tempo do Kleiton Lima. Continuo sem entender essa liberdade que a Ester tem para avançar. Ela deveria se limitar a proteger a zaga e tocar para quem estiver mais perto.

Mary disse...

Concordo que o time continua uma bagunça, mas também, esse novo técnico é discipulo do KL. Até o Denilson fez um comentário sobre a organização do time,ou falta dela.
Senti falta da Fran e da Érika (que voltou agora) no time, gosto de ver jogadoras inteligentes em campo.

Agora, com uma seleção como a da Coréa do Norte dando sopa no Brasil, por que não marcar um amistoso com a seleção brasileira?
Vai entender.

FFPT disse...

Visitem o novo Portal do Futebol Feminino em Portugal, em http://futebolfemininoportugal.com

Se possível, publiquem uma pequena nota no vosso blog/site sobre a existência deste novo portal para assim divulgarmos cada vez mais o Futebol Feminino em Portugal

Cumpriments
FFPT